Saiba mais

UOL EdTech adquire startup Skore - Plataforma LXP

Blog

Conheça 5 modelos de liderança e veja qual se encaixa melhor a você!

content

Dentro de uma empresa, o líder é responsável por partes essenciais de um trabalho, envolvendo a preocupação com o andamento dos serviços.

Além de trabalhar para entender suas equipes, e saber direcionar o trabalho para cada pessoa nesse sentido.

Essas são só algumas das muitas funcionalidades desses profissional, que tem grande significado em toda a estrutura da empresa, bem como os serviços que ela presta.

E por conta de toda essa carga de preocupação e função, o líder de um negócio de protocolo de qualificação de instalação deve sempre procurar entender as principais ferramentas que deve trabalhar para atingir características dentro da sua liderança.

Por exemplo, um bom líder dentro de uma empresa é aquele que se porta de maneira exemplar, tendo em vista que está em um espaço de destaque e ampla influência.

Esses e outros pontos, considerados os diferenciais de um bom líder, serão vistos no texto a seguir, onde vamos comentar algumas formas de criar um senso de liderança adequado, bem como modelos para líderes, como em uma empresa de envelopamento de frotas.

O que é um líder?

Para sabermos melhor sobre o que é um líder de fato, é importante olharmos para diferentes pontos, muitas vezes, além daquele formato convencional de comandar uma equipe dentro de uma empresa, estando à frente das decisões corporativas.

Quando saímos de um contexto apenas mercadológico, trazendo uma referência em meio a um dia a dia normal, podemos entender que os líderes são pessoas que demonstram maior firmeza nas decisões. Um bom exemplo disso é em meio a um acampamento.

A pessoa que melhor saberá resolver problemas, direcionar atividades e deixar todos confortáveis quanto a problemas relacionados à natureza podem ser os líderes.

Reconhecemos essa pessoa de longe assim como um balão metalizado tendo em vista que ela apresenta alguns pontos que conseguem se diferenciar das outras presentes, quase sempre quesitos relacionados à atitude dessas pessoas,como:

  • Segurança;
  • Senso de autoridade;
  • Decisão concisa;
  • Justiça;
  • Resolução rápida.

Estes e tantos outros pontos similares nos indicam dentro de uma situação um líder nato, uma pessoa que consegue ajudar os outros e se ajudar em situações fáceis e difíceis.

Geralmente, tendemos a seguir essas pessoas justamente pela segurança que ela nos traz, além da certeza de que suas decisões serão as melhores e mais justas possíveis.

Agora, voltando em um viés mercadológico, onde os líderes são mais encontrados, e também desejados, podemos entender que o profissional capaz de liderar é aquele que melhor vai poder ajudar a companhia em diferentes aspectos esperados.

Isso pode servir desde a projeção de uma ideia dentro da empresa, o acompanhamento de ações de um projeto e a gestão de pessoas dentro de uma equipe de trabalho. 

Quais as formas de fazer uma boa liderança?

A principal função de um líder, independente da empresa onde ele trabalhe, é o auxílio e comando de equipes, quase sempre formada por pessoas completamente diferentes.

Outro quesito que se faz importante é a organização de tarefas e compreensão das prioridades da empresa.

De modo que todas as tarefas em mouse pad personalizado a serem tomadas tenham um fundamento e possam ser bem conduzidas.

Tendo esses e outros pontos em vista, é essencial que o líder trabalhe alguns pontos específicos dentro de suas ações, e principalmente, de suas funções.

Abaixo vamos entender aqueles que podem ser vistos como os principais neste sentido, auxiliando lideranças dentro de empresas a alcançarem melhores resultados. 

Trabalhar a segurança

Pessoas seguranças são, com certeza, as melhores lideranças. Isso é essencial não apenas em um processo de decisão, para que haja maior razão e menos sentimento, mas também de modo a influenciar as equipes que trabalham juntas, em observações.

Por exemplo, ter a segurança é um negócio de kit lanche para eventos pode dar certo em uma feira de grandes eventos pode ser arriscado, mas o líder deve passar segurança.

Com isso, todos passam a ficar mais tranquilos, e as equipes, cada vez menos ansiosas ou desesperadas. 

A segurança também é um ponto eficaz para que as escolhas e o pensamento estratégico possam acontecer com o mínimo de erros e influências negativas.

Deixar de lado preferência pessoais

Ainda que tenhamos em nossa constituição humana preferências pessoais, como líder é preciso deixar esse ponto de fora. 

Isso porque, dentro da coordenação de um time, por exemplo, não são as próprias escolhas que devem prevalecer como um todo.

É o caso de uma escolha por início de um projeto. Se toda a sua equipe de trabalho escolheu o começo por clientes, e entendeu isso como uma melhor opção, o líder deve entender se isso de fato é importante e acatar, não podendo apenas escolher o que quiser.

É importante fazer essa separação, e trabalhar sempre com a razão, para que todos dentro da equipe possam ficar muito mais confiantes e entender o senso de justiça do líder.

Saber se comunicar bem

A comunicação deve ser a prioridade dentro de empresas, mas se tratando de lideranças, a obrigatoriedade é necessária. 

Isso porque, além de repassar seus desejos e questões de trabalho, é preciso que a liderança torne as relações muito mais fáceis.

Sem o foco na comunicação, entendendo de que maneira conversar com algumas pessoas, e de fato estar aberto para o contato com outras, pode trazer grandes mudanças positivas.

Caso contrário, um líder que não sabe se comunicar poderia não apenas mostrar algo que não é o certo dentro de uma situação de entrega via motoboy, mas também acabar entregando uma imagem de pessoa fechada e nada confiável para os outros.

Entender as diferentes personalidades

Ainda que nem sempre esse ponto seja uma realidade, quase sempre as empresas são formadas por pessoas completamente diferentes, em especial nas suas personalidades.

Dessa forma, o líder precisa saber conversar com pessoas diferentes e fazer com que estas se integrem com maior facilidade, entendendo ainda as melhores atividades para cada perfil, compreendendo também suas dificuldades e facilidades.

Pensar na valorização do colaborador

A valorização do colaborador só é possível graças ao líder, pois este está em um patamar que possui relevância, ainda mais em relação a elogios e promoções.

Trabalhar esse ponto dentro das equipes se faz importante, principalmente, porque todo colaborador deseja ser bem tratado e ter consciência de que o trabalho que está se esforçando a fazer segue sendo bem visto por seus superiores em expositor de ferro.

Pensando nisso, a liderança deve estar sempre em dias com os elogios, o feedback e também algumas ações que possam fortalecer a satisfação do funcionário.

Alguns dos principais modelos de liderança

Você provavelmente não sabe disso, mas existem diferentes tipos de modelos de liderança, que podem ser seguidos tanto em relação a personalidades diferentes, quanto em nome do que deve ser trabalhado dentro de uma loja porta caneta de acrílico.

Para entender mais sobre isso, confira os tipos abaixo:

  1. Liderança democrática

A liderança democrática segue as ideias e desejos vistos dentro de toda a equipe, contando sempre com o aval de todos para que ações e até mesmo estratégias sejam colocadas em prática, trabalhando em cima do que o próprio nome sugere, a democracia.

Esse ponto pode ser importante para a formação de confiança, e sobretudo para a contribuição com a valorização do colaborador.

  1. Liderança coach

Na liderança coach o intuito principal é saber trabalhar pontos de performance e também de habilidades com os próprios colaboradores, fazendo com que estes possam se sobressair dentro de suas práticas de trabalho, melhorando ainda mais seu lado profissional.

  1. Liderança carismática

Na liderança carismática, como o próprio nome entrega, é uma forma de estabelecer um contato de igual para igual, trabalhando principalmente as relações interpessoais dentro do serviço, de modo que o chefe seja um dos melhores amigos de seus funcionários. 

  1. Liderança motivadora

A motivação faz parte de qualquer liderança de sucesso, e dentro desse sentido mais específico, o líder da equipe trabalha pontos de propósitos que pessoas têm em comum dentro das equipes, de modo que todos possam caminhar para um único caminho.

  1. Liderança paternal

A liderança paternal foca essencialmente na conexão com os colaboradores em relação ao cuidado e à entrega de assistência. 

Isso considera um acompanhamento de perto, indo muitas vezes além do trabalho feito dentro da empresa.

Considerações finais 

Sendo assim, uma liderança, seja dentro de uma empresa ou em meio a uma situação de urgência, deve ser construída a partir de características cabíveis, mostrando segurança, firmeza nas decisões e condução de equipes com personalidades diferentes.

Entender a melhor liderança, em relação à modalidade, também é uma forma de traçar um caminho que melhor se adeque ao seu estilo e seus propósitos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.