Saiba mais

UOL EdTech adquire Qulture.Rocks

Blog

O que é liderança transformacional e como promover na sua empresa?

content

A autonomia, o pertencimento, a inovação e a proatividade são requisitos cada vez mais importantes no mercado moderno e o melhor meio de incentivá-los é por meio da liderança transformacional.

 

Os líderes de uma organização servem como modelos para seus colaboradores, e sem uma visão coletiva, inspiradora e capaz de reconhecer o papel de cada indivíduo para o desempenho do negócio, dificilmente é possível superar os crescentes desafios do atual cenário competitivo. 

 

Você sabe o que esse estilo de liderança significa e como implementá-lo? Descubra os pontos mais importantes sobre o tema a seguir. 

O que é liderança transformacional?

Liderança transformacional é aquela em que os líderes engajam, inspiram e motivam seus colaboradores a inovar e a contribuir para que a organização seja bem-sucedida perante seus objetivos.

 

Esse perfil de líder tem um forte vínculo com a cultura organizacional e deve assumir um papel de exemplo perante os funcionários e conferir aos mesmos independência para que executem seus trabalhos com mais autonomia.

 

A inspiração e a motivação, basicamente, ocupam o lugar do microgerenciamento, em que cada profissional tem poder para determinar como desempenhar suas funções e tomar decisões em prol do negócio. 

 

A partir disso, os times se tornam mais aptos e incentivados a desenvolver seu trabalho com excelência, a criar soluções disruptivas perante os desafios mercadológicos e a colaborar entre si de forma mais coerente, eficiente e produtiva.

 

Os 4 elementos principais

Os líderes transformacionais baseiam sua atuação em 4 elementos principais, que são:

  1. - Influência idealizada: diz respeito às convicções, princípios e confiança para assumir riscos que guiam o líder durante suas ações. É a partir disso essa figura é capaz de gerir uma equipe e conquistar sua confiança;
  2. - Estímulo intelectual: trata-se da capacidade que o líder tem de desafiar seus colaboradores a alcançar melhores níveis de atuação. Isto pode ser facilmente conquistado por meio da abertura para que os mesmos possam compartilhar suas ideias, inovar e propor novas práticas;
  3. - Motivação inspiradora: é a forma com que o líder compreende cada profissional e o motiva individualmente para que cumpra suas responsabilidades e atinja as metas do grupo como um todo;
  4. - Consideração individualizada: baseia-se na forma com que a motivação é atingida, através da preocupação com as demandas e percepções dos membros do time, e da atenção pessoal às suas necessidades.

Quais as competências de um líder transformacional?

Por mais que o conceito de liderança transformacional tenha sido idealizado em 1973 por James V. Downton e ampliado em 1978 por James Burns, foi o pesquisador Bernard M. Bass que consolidou as noções que o guiam até os dias de hoje.

De acordo com o autor, os líderes transformacionais são aqueles que: 

  • - Criam um ambiente laboral baseado em valores, prioridades e padrões bem definidos;
  • Incentivam os colaboradores a não pensar apenas em si, mas a trabalhar em prol do todo;
  • - Solidificam uma cultura organizacional ética, desde o onboarding até as rotinas diárias;
  • - Inspiram e motivam o desenvolvimento dos profissionais que estão sob sua liderança;
  • - Servem de exemplo para os padrões comportamentais positivos dentro da empresa;
  • - São autênticos e abertos à comunicação;
  • - Promovem a autonomia profissional baseada na cooperação;
  • - Fornecem mentorias, treinamentos e educação corporativa para que os colaboradores possam tomar suas próprias decisões e assumir responsabilidades pelas suas funções.
  •  

A liderança transformacional surgiu como um contraponto ao modo transacional de liderar, deixando de lado as abordagens tradicionais e rígidas que antes eram utilizadas nas empresas para promover um relacionamento mais estimulante, pessoal e motivador entre líderes e colaboradores.

 

Liderança transformacional vs. Liderança transacional

A liderança transacional traz uma visão mais clássica do que normalmente era adotado nas empresas, pois é baseada em processos engessados e já enraizados nas organizações.

 

Sua ideia é que os colaboradores devem apenas entregar resultados, sendo incentivados apenas por bonificações ou mesmo punidos quando as metas não são atingidas. 

 

Como esse modelo incentiva as equipes a atingir seus objetivos em troca de recompensas pontuais, seu foco fica restrito às metas e os profissionais se tornam reativos às ações dos líderes.

 

Já a liderança transformacional dá mais autonomia aos indivíduos e incentiva o seu desenvolvimento pessoal, para que se tornem mais engajados e capazes de desenvolver suas competências em prol do negócio.

 

Mais que uma mera compensação, os colaboradores se tornam conscientes sobre a importância de atingir determinadas pretensões e de seu valor para o todo, alinhando seu foco à visão organizacional e se tornando naturalmente proativos.

 

Por não ser baseado em exemplos e em um contato mais aberto entre os líderes e seus subordinados, a liderança transacional tem perdido cada vez mais espaço no mercado.

 

Afinal, ela elimina qualquer possibilidade de engajamento, motivação e inovação, sendo movida apenas por propostas fixas e suas respectivas entregas, sem que o trabalho seja inspirador e motivado por um propósito.

Como promover na sua empresa a liderança transformacional?

Um líder transformacional é aquele que não gera resultados por meras cobranças, mas sim pelo exemplo e pela motivação, que realmente engajam os profissionais a explorar seu máximo potencial. Para assumir esse papel dentro de uma organização, algumas etapas e cuidados são fundamentais, como:

 

Estabeleça sua visão e suas inspirações

Enquanto líder, você precisa dar motivos para que os colaboradores o sigam em suas propostas. 

 

A melhor maneira de fazer isso é ter convicção sobre suas visões e fazer com que elas sejam inspiradoras para aqueles que se baseiam nelas. Portanto, comece definindo a missão e a visão de sua liderança, que estabelecem o propósito do seu papel diante da organização e aquilo o que você quer alcançar ao liderar seus times.

 

Motive os colaboradores em prol de sua visão

Com sua visão e missão estabelecidas, os colaboradores devem ter clareza sobre os valores que motivaram suas definições e quais os resultados podem ser obtidos a partir delas.

 

Todos os profissionais devem saber porquê estão assumindo determinada postura e função e para onde elas vão levá-los. 

 

A ideia é que esses princípios se mantenham sempre ativos na mente das equipes, e para isso, eles devem fazer parte do contexto de cada tarefa e meta estabelecida na rotina da organização. 

 

Para que os resultados sejam relevantes, todos precisam estar engajados e motivados, então os objetivos do negócio e as ações inerentes a eles precisam estar associadas à missão e à visão do líder transformacional. 

 

Por meio de técnicas de motivação, da postura e exemplo do líder, bem como da clareza na comunicação dos valores, as pessoas entendem a relevância e o propósito daquilo o que fazem, e passam a fazê-lo melhor. 

 

Crie relacionamentos e valorize a confiança

Os líderes transformacionais são focados em entender cada membro de suas equipes. Eles devem atuar diariamente para que cada pessoa seja capaz de atingir suas metas e pretensões.

 

É fundamental conhecer cada colaborador em um nível pessoal e individual, compreendendo suas demandas de aprimoramento para saná-las em prol dos objetivos da empresa.

 

Com clareza e uma comunicação aberta, procure saber o que cada profissional quer alcançar em seu cargo, quais suas visões de futuro e como você pode contribuir para isso.

 

Nesse sentido, o aprendizado on the job é imprescindível, pois não só cria funcionários mais qualificados e bem preparados, como também os auxilia a inovar, estabelecer suas próprias soluções para problemas e a ter autoconfiança para cumprir as atividades propostas. 

 

Assim como a liderança transformacional, os processos de qualificação das empresas também precisam ser modernos, flexíveis, inovadores e voltados às necessidades individuais dos profissionais. O UOL EdTech é referência nesse segmento e oferece a plataforma definitiva para o aprendizado digital do seu negócio. Clique aqui e saiba mais.